• 22Apr
    Categories: Guests Comments: 2

    xrs_logo
    XRS, (Xerxes de Oliveira) estréia com tudo no CIGANO.ORG. Entrevista inédita e exclusiva, aonde nos conta um pouco sobre seus projetos atuais, e de quebra nos concede um guest mix de house music com muito bom gosto!!!


    Guests 004 – Mix Tape (House Music) – DJ XRS aka Xerxes de Oliveira

    Tracklisting:
    01. lovely ones (lovely shelter voc mix 1) – blaze [lifeline recs]
    02. just a touch – total science [computer integrated audio]
    03. let’s do it together – blue six [naked music]
    04. step into the light – jersey street [naked music]
    05. takin over me – marcus intalex & st files [hospital]
    06. in this life – kaskade [society heights]
    07. ibòòji (fading lights) – needs [needsmusic]
    08. waiting – project 4 [naked music]
    09. kama sutra (sp mix) – gabo [lunar tunes]
    10. night of music – savannah [r2 recs]
    11. my vow – soul central & christopher hall [kenlou recs]
    12. come to you – danism (a.k.a. nu-tone) [brandnu]
    13. mar (maw remix) – wagon cookin e fernanda cabral [appetizers]
    14. earth – wagon cookin [appetizers]

    AUDIOICON
    (para ouvir o set mixado clique em audio para abrir o player)
    para baixar o set mixado clicar em audio, logo após irá abrir a opção download, com o botão direito do mouse selecione a opção, salvar como

    Interview:
    xrs_divulga1
    XRS, o que você vem fazendo atualmente, quais são seus projetos e suas expectativas futuras ?
    Retomei meu projeto, o XRS Land, ainda mais eclético. Também estou tocando junto com minha parceira Luciana (a.k.a. Heliponto) o selo Tupy.

    Poucas pessoas entenderam o seu “sumiço” da cena paulistana a alguns anos atrás? afinal de contas, o que aconteceu? sente saudade daquela época?
    Achei que deveria dar uma atenção mais especial à música propriamente dita, afinal de contas o que mais me cativou na música eletrônica foi a filosofia de uma música sem estrelas, onde as pessoas na pistas se apropriam da música para si.

    Na época do auge de “LK” em parceria com DJ Marky & MC Stamina você esperava o sucesso absoluto que foi a música ? Como podemos definir o drum n bass no Brasil antes e depois de LK ?
    Para ser honesto, não. Foi bem interessante ver algo tão experimental tomar tamanhas proporções. Mesmo assim, nunca gastei muito tempo pensando nesta faixa como um marco. É apenas uma faixa muito bem produzida, o que me dá muito orgulho.

    Qual é a sua track favorita?
    Tem muitas, é difícil apontar uma em especial. Ultimamente tenho ouvido bastante “Another Day”, do 4Hero com a Jill Scott. Gosto de acordar ouvindo ela.

    Por quantos países você já apresentou ao longo da carreira ? Alguma Festa, ou País você tem alguma recordação especial ?
    Essa também é difícil… Os meus lugares favoritos são os que eu menciono na minha biografia e mais alguns como: o clube The End em Londres, o The Womb em Tóquio, Belém do Pará, o Roxy Club em Praga e recentemente o Dom in Berg, um clube dentro de uma montanha, que fica na cidade de Graz, na Áustria.

    Na sua opinião quem é hoje o melhor produtor do Brasil ?
    Nunca olhei muito ao meu redor dessa forma… Gosto bastante do trabalho do Renato Cohen, do Gui Boratto e do Drumagick, esses sempre estão no meu player.

    O que voce acha de novas tendencias como o dubstep, nu disco e fidget house?
    Tem coisas que eu acho interessantes e outras que acho uma porcaria, principalmente aquelas em que o rótulo aparece antes da música.

    Depois do “boom” do drum n bass no Brasil até meados de 2005, qual a sua visão sobre o genero ? Falta mais Festas ? Mais público ? Ou a realidade no Brasil, é acompanhar as tendências e modas que surgem e depois são descartadas em relação a música eletrônica ?
    Acho que o estilo está no seu devido lugar, que é o de música underground. O grande público tende a consumir o que está na moda, isso é fato.

    A internet, atualmente nesta fase 2.0 aonde não existem limites para comunicação, é o principal meio de se auto-promover seja lá como DJ/Produtor (principalmente para quem está começando a carreira) ?
    Acho que serve mais para dar dinheiro para empresas que controlam meios de comunicação. O que não é nenhuma novidade.

    Qual é o seu recado para quem esta começando na area?
    Estude muito. Estudar faz bem. O resto vem do coração.

    XRSLAND aka Xerxes de Oliveira
    www.xrsland.com
    www.myspace.com/djxrs

    Similar Posts:

2 Responses

WP_Floristica

Leave a Comment

Please note: Comment moderation is enabled and may delay your comment. There is no need to resubmit your comment.